WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, pediu que a Rússia acabe com sua ação militar na Geórgia, classificando a operação militar russa como uma inaceitável invasão de um Estado soberano. A Rússia invadiu um Estado soberano vizinho e ameaça um governo democrático eleito pelo povo. Tal ação é inaceitável no século 21, disse Bush.

'Há evidência de que as forças russas podem em breve começar a bombardear o aeroporto civil da capital do país. Se as informações forem precisas, essas ações russas representam uma escalada dramática e brutal do conflito na Geórgia', disse Bush a jornalistas na Casa Branca depois de retornar da China.

(Reportagem de David Alexander)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.