Bush pede proteção ao Tratado de Não-Proliferação

O presidente americano, George W. Bush, pediu nesta terça-feira que a comunidade internacional se oponha de forma enfática ao boicote de alguns países ao Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), que está completando 40 anos.

AFP |

"Os partidários do TNP devem atuar de maneira clara ante os países que não aderiram ao Tratado, para preservar e fortalecer sua luta contra a não-proliferação", disse Bush em um comunicado publicado no momento em que a comunidade internacional enfrenta os desafios nucleares iranianos e norte-coreanos.

Bush não mencionou nem o Irã, nem a Coréia do Norte, mas disse que ninguém "pode permitir que alguns países faltem a seu compromisso e minem o papel fundamental que o Tratado de Não-Proliferação desempenha na segurança internacional".

lal/lm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG