baixar a guarda aos terroristas - Mundo - iG" /

Bush pede para não baixar a guarda aos terroristas

WASHINGTON (EUA) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, advertiu hoje em sua despedida que os terroristas ainda querem voltar a atacar o país e, por isso, pediu que jamais baixem a guarda.

EFE |

Caio Blinder, de NY: George W. Bush e uma história de desperdício

Bush se dirigiu na noite desta quinta-feira à nação em discurso de despedida às 20h (11h de Brasília), na Casa Branca.

No discurso, o último de seu mandato, o presidente defendeu seu legado e enumerou o que considera suas conquistas durante os oito anos em que ficou no poder.

Para ele, a maior conquista de seu mandato foi evitar que tenha voltado a se repetir um atentado em solo americano após os ataques perpetrados em 11 de setembro de 2001.

AP
Bush e Condolezza Rice na Casa Branca
"À medida que os anos passaram, a maior parte dos americanos pôde voltar à sua vida de sempre, de antes do 11-9. Mas eu nunca fiz isso. Toda manhã recebia um relatório sobre as ameaças contra nosso país, e prometi fazer tudo quanto estivesse a meu alcance para nos manter a salvo", declarou.

Os dois conflitos que deixa aberto no Iraque e no Afeganistão são também motivo de orgulho para Bush, que afirmou que o regime em Cabul é agora "uma jovem democracia que luta contra o terrorismo" e o país árabe é "uma democracia no coração do Oriente Médio".

Embora tenha reconhecido erros e "coisas que faria de maneira diferente se pudesse", reiterou que sempre atuou "levando em conta o que mais convinha ao país" e de acordo com sua consciência.

Bush se despediu com uma série de recomendações, entre elas a que é necessário se manter alerta contra possíveis novos atentados.

Em sua lista de recomendações, Bush também pediu que se "rejeite o isolacionismo e seu companheiro, o protecionismo".

O presidente Bush rendeu também homenagem a seu sucessor, Barack Obama, "um homem cuja história reflete a promessa duradoura" dos EUA, ao se transformar no primeiro líder negro do país.

Leia mais sobre: Bush

    Leia tudo sobre: bush

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG