Bush pede à China que não tenha medo da religião

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, pediu nesta quarta-feira a Pequim que não tema as pessoas religiosas em sua sociedade, argumentando que farão da China um país melhor.

AFP |

Em uma entrevista coletiva concedida em Seul, a dois dias de sua participação na abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, Bush lembrou que "tem conversado com os líderes chineses durante sete anos e meio e minha mensagem sempre foi a mesma: não devem temer as pessoas religiosas em sua sociedade".

O presidente americano revelou ainda que garantiu aos chineses que "as pessoas religiosas" podem tornar a China "um lugar melhor".

sm/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG