Tamanho do texto

O presidente George W. Bush considera o casamento a união entre um homem e uma mulher e defende a emenda constitucional que proíbe o matrimônio homossexual, anunciou a Casa Branca nesta terça-feira.

O porta-voz da Casa Branca, Tony Fratto, disse, no entanto, que Bush não tem a intenção de fazer campanha por uma tal emenda, num momento em que dezenas de casais candidatos ao casamento gay faziam fila diante do cartório de registro civil na Califórnia (oeste), no dia seguinte da entrada em vigor no Estado da legalização das uniões homossexuais.

lal/tf/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.