O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, afirmou nesta quarta-feira que não lamenta ter ordenado a invasão do Iraque em março de 2003.

"Eu não me arrependo em absoluto, destituir Saddam Hussein fez do mundo um lugar mais seguro", afirmou depois de uma reunião com a chanceler alemã Angela Merkel.

ok/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.