Bush insiste em que Turquia deveria entrar na UE

Brdo (Eslovênia), 10 jun (EFE).- O presidente americano, George W.

EFE |

Bush, insistiu hoje diante dos líderes da União Européia (UE) em que a Turquia deveria entrar algum dia no bloco europeu.

"Achamos firmemente que a Turquia deveria ser membro da UE", afirmou Bush na entrevista coletiva, após a Cúpula União Européia-Estados Unidos, a última da qual participa antes de deixar o cargo, em janeiro.

Acrescentou seu reconhecimento "às reformas democráticas e de livre mercado" iniciadas pela Turquia e a seu trabalho "para tornar realidade suas aspirações rumo à UE".

Esta menção de Bush na entrevista coletiva foi porque a questão da Turquia não pôde ser tratada durante a cúpula, na qual o tempo programado acabou sem abordar toda a agenda, disse um alto funcionário americano.

Em 2005, a Turquia iniciou as negociações para sua entrada na União, mas as conversas avançam lentamente, e uma hipotética entrada turca continua gerando oposição entre alguns líderes europeus, especialmente o presidente francês, Nicolas Sarkozy. EFE rcf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG