Bush homenageia em Paris os mortos nas guerras mundiais

Paris, 14 jun (EFE) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, homenageou hoje os mortos, franceses e americanos, nas duas guerras mundiais em uma visita ao cemitério americano de Suresnes e ao forte de Mont-Valérien, nos arredores de Paris. Bush, que hoje se reuniu com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, depositou em cerimônia uma coroa de flores no cemitério, onde, decoradas com bandeiras dos EUA e da França, se alinham as cruzes e as estrelas de Davi nos túmulos de 1.541 dos soldados americanos que lutaram na Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

EFE |

Depois que uma banda militar tocou o hino americano e após o minuto de silêncio, Bush se dirigiu a uma lápide de mármore branco que simboliza o túmulo ao soldado desconhecido e percorreu alguns dos sepulcros.

Ele era acompanhado de representantes de cada corpo das Forças Armadas americanas e dois veteranos da Segunda Guerra Mundial, aos quais o presidente agradeceu por seus serviços.

Bush, com o semblante sombrio, mal falou durante a visita a este cemitério, que a França doou aos EUA em 1919 e que dedicou ao presidente Woodrow Wilson.

Em seguida, o chefe da Casa Branca se deslocou com seu cortejo ao monumento francês aos mortos na Segunda Guerra Mundial em Mont-Valérien, um forte alemão durante o conflito no qual foram executados mil membros da resistência.

Ao chegar ao monumento, cuja fachada possui esculturas de arame com espinhos, rostos angustiados e braços, Bush ouviu os hinos nacionais de França e Alemanha antes de ir ao local exato, na encosta da colina, onde os soldados alemães executavam os membros da resistência francesa.

Na cripta do monumento, Bush assinou o livro de convidados, onde deixou a mensagem "Deus abençoe as almas que repousam aqui".

Enquanto homenageava os mortos, sua esposa, Laura Bush, foi a Giverny, na Normandia, para visitar o museu dedicado ao pintor impressionista Claude Monet, que criou nessa localidade alguns de seus quadros mais famosos.

O presidente americano e sua esposa concluirão esta noite sua presença em Paris antes de partir no domingo a Londres.

Bush se encontra em Paris em uma viagem de despedida pela Europa que levou-o antes a Brdo (Eslovênia), Berlim e Roma. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG