Bush faz piadas sobre candidatos à Casa Branca em festa de gala

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, contou piadas na noite de sábado sobre os candidatos à presidência, e mostrou surpresa pela ausência deles na festa anual da Associação de correspondentes da Casa Branca.

AFP |

"O senador McCain não está aqui", disse o presidente sobre o candidato republicano. "Ele certamente quis se distanciar de mim. Sabem, ele não é o único. Jenna também está indo", acrescentou, em referência à filha, que se casará no dia 10 de maio.

Bush também falou dos pré-candidatos democratas, Hillary Clinton e Barak Obama, e explicou a ausência deles no jantar pelas polêmicas da campanha.

"Hillary Clinton não pôde entrar no edifício devido aos tiros dos franco-atiradores e o senador Obama está na igreja", ironizou.

Durante a campanha eleitoral, Hillary afirmou ter feito um pouso na Bósnia, em 1996, em meio aos tiros de franco-atiradores, o que foi desmentido posteriormente.

Por sua vez, Barack Obama foi criticado pelas declarações feitas por seu pastor Jeremiah Wright, que disse em um sermão que os negros deviam afirmar "Deus amaldiçoe os Estados Unidos" pelo racismo.

O presidente Bush fez os comentários durante a festa anual organizada pela associação de jornalistas encarregados de cobrir a Casa Branca, e que no sábado reuniu famosos de Washington e de Hollywood, como os atores Ben Affleck e Jennifer Garner.

"É minha última festa com os correspondentes da Casa Branca. Não tenho certeza do que farei depois. Após seu mandato, o vice-presidente Al Gore ganhou um Oscar e um Nobel. Quem sabe eu também poderia ganhar um prêmio, na loteria por exemplo", concluiu.

dab/fb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG