Tropas dos EUA podem sair de Bagdá até julho, diz Petraeus NYT: http://ultimosegundo.ig.com.br/new_york_times/2008/08/21/general_petraeus_deixa_o_iraque_e_diz_que_os_ganhos_sao_frageis_1586754.htmlGeneral Petraeus deixa o Iraque e diz que ganhos são frágeis" / Tropas dos EUA podem sair de Bagdá até julho, diz Petraeus NYT: http://ultimosegundo.ig.com.br/new_york_times/2008/08/21/general_petraeus_deixa_o_iraque_e_diz_que_os_ganhos_sao_frageis_1586754.htmlGeneral Petraeus deixa o Iraque e diz que ganhos são frágeis" /

Bush examina opções sobre o Iraque após receber recomendações de Petraeus

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, examina as opções que o Iraque tem quanto aos futuros níveis das tropas destinadas a ele, após receber as recomendações de seu comando posicionado ali. http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2008/09/04/tropas_dos_eua_podem_sair_de_bagda_ate_julho_diz_petraeus_1650988.htmlTropas dos EUA podem sair de Bagdá até julho, diz Petraeus NYT: http://ultimosegundo.ig.com.br/new_york_times/2008/08/21/general_petraeus_deixa_o_iraque_e_diz_que_os_ganhos_sao_frageis_1586754.htmlGeneral Petraeus deixa o Iraque e diz que ganhos são frágeis

EFE |

O general David Petraeus, até agora o principal responsável das forças no Iraque e novo chefe do Comando Conjunto Central, entregou recentemente a Bush seu relatório com as recomendações sobre o nível de tropas necessário neste país, declarou a Casa Branca.

O chefe do Estado-Maior Conjunto, o almirante Mike Mullen, e o secretário de Defesa, Robert Gates, também transmitiram a Bush sua opinião e "agora o presidente está avaliando suas opções", afirmou a porta-voz da Casa Branca, Dana Perino.

Segundo Perino, é "prematuro" dizer quando Bush vai tomar uma decisão sobre o assunto.

Um primeiro indício do tipo de recomendações que o presidente recebeu será o comparecimento na próxima semana de Gates e Mullen ao Comitê de Serviços Armados do Congresso.

Em abril, Petraeus pediu que, após julho, seja suspensa durante 45 dias a redução do contingente militar no Iraque para poder avaliar a situação e as necessidades na região.

Em julho retornou aos EUA a última das cinco brigadas - no total cerca de 28 mil soldados - enviadas no ano passado ao Iraque para reforçar as tropas americanas diante da piora da segurança que era registrada então.

Os comandantes militares afirmaram em várias oportunidades que caso a melhora da segurança no Iraque continue é provável que recomendem em seus relatórios o prosseguimento da retirada de tropas.

Na última segunda, o corpo de Fuzileiros Navais dos EUA entregou às forças iraquianas o controle da conflituosa região de Anbar, uma das velhas fortificações da Al Qaeda e que se transformou assim na 11ª província (de um total de 18) cuja segurança passa para mãos locais.

Nas recomendações também influirá o fato de os EUA considerarem necessário aumentar a presença militar no Afeganistão diante da piora da segurança lá, como afirmou o próprio Gates há alguns meses.

Nos últimos cinco meses Washington e Bagdá estiveram muito concentradas nas negociações do acordo bilateral que estabelecerá o marco legal sobre a permanência das tropas americanas em território iraquiano, logo que expire em dezembro o mandato da Organização das Nações Unidas (ONU) que a legaliza.

Atualmente há cerca de 140 mil soldados americanos no Iraque.

Os negociadores esperavam ter pronto o acordo antes do dia 31 de julho, mas por causa das dificuldades intrínsecas a um acordo tão complicado não puderam terminá-lo nesta data.

Nos últimos dias o Iraque afirmou que os dois países conseguiram um acordo sobre o status das forças americanas neste país, apesar de o Governo americano afirmar que não há ainda um pacto definitivo.

A minuta incluiria a exigência de Bagdá de que as forças americanas deixem de patrulhar as principais cidades e aldeias iraquianas em meados de 2009 e que todas as tropas de combate abandonem o Iraque em 2011.

Leia mais sobre: Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG