Bush escreve num papelzinho seu maior desejo: um mundo sem tirania

O presidente George W. Bush desejou nesta segunda-feira um mundo livre da tirania durante a realização de um ritual da tradição japonesa nesta segunda-feira, à margem da reunião de cúpula do G8 em Toyako.

AFP |

O encontro do clube dos países mais ricos coincide com o Festival da Tanabata, quando os japoneses têm o costume decorar as árvores com papelotes onde escrevem seus desejos.

O primeiro-ministro japonês, Yasuo Fukuda, pediu a seus colegas do G8 que escrevessem seus desejos.

De próprio punho, Bush escreveu: "Desejo um mundo livre de tirania e um planeta em que as esperanças universais de liberdade se tornem realidade". "Deus abençoe a todas as pessoas", acrescentou.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, escreveu: "Espero que a cúpula de Toyako contribua para encontrar maneiras de conduzir os assuntos globais como a paz e a segurança, o crescimento econômico, o desenvolvimento e a proteção do meio ambiente".

O premiê britânico Gordon Brown desejo o "fim da pobreza e do terrorismo", enquanto que o presidente russo, Dimitri Medvedev, refletiu: "Todos estamos conectados pelos deveres da paz, prosperidade e futuro da mãe natureza".

Fukuda preferiu citar uma famosa frase chinesa: "A humanidade pode explorar o futuro apreciando o conhecimento antigo".

si/sct/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG