O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, e o presidente eleito, Barack Obama, comemoraram nesta terça-feira, em Nova York e Chicago, o Dia dos Veteranos de Guerra.

A bordo do "USS Intrepid", um porta-aviões transformado em museu no porto de Nova York, Bush destacou o papel do soldado americano na "guerra contra o terrorismo".

A guerra (contra o terrorismo) "exigiu coragem, exigiu resolução, a mesma resolução que tiveram as gerações anteriores de americanos nos campos da Europa e nas águas profundas do Pacífico", disse Bush para 2.500 ex-combatentes e 500 militares do serviço ativo.

Bush destacou o orgulho que sente por "ser o comandante deste fabuloso grupo de homens e mulheres que vestem o uniforme militar dos Estados Unidos".

Obama, acompanhado por uma dezena de pessoas, levou flores ao Soldier Field de Chicago.

O presidente eleito depositou uma coroa de flores ao lado de Tammy Duckworth, uma militar que perdeu as pernas no Iraque e dirige o departamento de assuntos de veteranos em Illinois.

"Vamos consagrar este Dia dos Veteranos a manter uma promessa sagrada para com todos os que já vestiram o uniforme americano: que os Estados Unidos servirão vocês tanto quanto vocês serviram este país".

"Como seu próximo comandante-em-chefe, prometo trabalhar a cada dia para cumprir esta promessa sagrada com quem serviu" este país, afirmou Obama, que assumirá a presidência no dia 20 de janeiro.

ok/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.