total sintonia política - Mundo - iG" /

Bush e Berlusconi reiteram em Roma sua total sintonia política

O presidente americano, George W. Bush, e seu amigo, o chefe de governo italiano, Silvio Berlusconi, reiteraram nesta quinta-feira em Roma sua total sintonia em temas polêmicos como Irã e Afeganistão, onde a Itália mantém 2.500 soldados.

AFP |

"Bush é um grande amigo pessoal e da Itália", foram as palavras elogiosas de Berlusconi ao presidente americano, que faz uma viagem de despedida pela Europa antes da conclusão de seu mandato, em janeiro de 2009.

O chefe de governo italiano declarou-se "totalmente de acordo" com a política dos Estados Unidos de enviar missões militares a Afeganistão, Kosovo e Líbano, e também sobre o programa nuclear iraniano, durante uma entrevista coletiva conjunta em Roma com Bush.

A Itália confirmou que está disposta a atenuar as condições de permanência das tropas italianas no Afeganistão, que se encontram concentradas em sua maioria na capital Cabul e na região "tranquila" de Herat.

O governo italiano quer modificar os prazos para dar uma resposta mais rápida sobre seu deslocamento para outras zonas quando necessário, passando a 5 ou 6 horas ao invés das atuais 72 horas.

"Aprecio muito esta decisão", comentou Bush, que não descartou a possibilidade de que a Itália possa passar a integrar o grupo de mediadores formado pelos cinco países (membros permanentes) do Conselho de Segurança da ONU mais a Alemanha, encarregados de negociar com o Irã seu programa nuclear.

A Itália é o maior parceiro comercial do Irã na Europa, com 5,2 bilhões de euros em negócios em 2006, e por isso deseja fazer parte do grupo de negociadores com esse país, com o qual historicamente mantém laços comerciais fortes.

O presidente americano concluirá nesta sexta-feira sua visita de três dias à Italia e ao Vaticano com um encontro com o Papa Bento XVI.

bur-kv/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG