Washington, 19 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, George W.

Bush, expressou hoje sua "tristeza" pelo falecimento do líder da Zâmbia Levy Mwanawasa, e afirmou que foi "um campeão da democracia em seu país e em toda a África".

Em um breve comunicado, Bush transmitiu suas condolências e as da primeira-dama Laura à esposa de Mwanawasa, Maureen, e a "toda a população da Zâmbia neste momento difícil".

Bush lembrou que o líder, como presidente da Comunidade Sul-Africana de Desenvolvimento, trabalhou "incansavelmente" para manter os valores do bom Governo e denunciou as violações aos direitos humanos e as ameaças à democracia quando muitos outros ficaram calados.

O líder americano também destacou a radical campanha contra a corrupção empreendida por Mwanawasa em seu país, e sua dedicação às políticas dirigidas a melhorar o bem-estar de todos os cidadãos.

Por sua parte, a secretária de Estado Condoleezza Rice qualificou a morte do presidente como "uma grande perda para a Zâmbia e a África".

Rice destacou que a liderança de Mwanawasa na Comunidade Sul-Africana de Desenvolvimento foi "decisiva" para os esforços da organização por mediar na crise do Zimbábue.

Também destacou sua luta contra o vírus da aids, e lembrou que os Estados Unidos valorizavam a amizade de Mwanawasa, sua dedicação à promoção dos valores democráticos e dos direitos humanos na região, e s medidas que empregou para melhorar o bem-estar de seus concidadãos.

Rice, que expressou em comunicado seu "mais profundo pesar" pela morte de Mwanawasa, afirmou ainda que o presidente "era um parceiro fundamental e confiável dos EUA na região".

Mwanawasa faleceu hoje em um hospital em Paris. O presidente, que completaria 60 anos no mês que vem, foi internado em julho, após ser transferido à França desde o Egito, onde sofreu uma tromboses cerebral, na véspera de uma cúpula da União Africana.

Mwanawasa, presidente de seu país desde 2001, tem seis filhos, quatro dos quais com sua segunda esposa, Maureen. EFE cai/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.