Washington, 28 nov (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, George W.

Bush, disse hoje que sua Administração está trabalhando com o Governo da Índia e com outros países para garantir a segurança "dos que ainda estão sob ameaça" na cidade indiana de Mumbai.

Em comunicado, Bush disse que tanto ele quanto sua esposa, Laura, estão "profundamente tristes" por causa dos mortos e feridos nos atentados em Mumbai. Entre as vítimas fatais, há pelo menos dois americanos.

Bush ressaltou que os Estados Unidos continuarão cooperando para combater os extremismos, que só causam "violência e desesperança".

O presidente se encontra na residência oficial de descanso em Camp David, a 100 quilômetros de Washington, onde na quinta-feira comemorou com a família o Dia de Ação de Graças.

Bush recebe relatórios periodicamente sobre a situação em Mumbai, segundo o Departamento de Estado americano.

Na quinta-feira, em conversa por telefone com o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, ofereceu ajuda para restaurar a ordem, oferecer segurança à população e ajudar na investigação. EFE elv/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.