Bush diz que americanos recuperarão dinheiro de plano de resgate

Washington, 20 out (EFE).- O contribuinte dos Estados Unidos recuperará a maior parte do dinheiro investido no plano de resgate financeiro aprovado pelo Governo, afirmou hoje o presidente americano, George W.

EFE |

Bush.

Em uma reunião com pequenos empresários na Louisiana, Bush defendeu o plano de resgate, avaliado em cerca de US$ 700 bilhões e que prevê, entre outras coisas, a compra por parte do Governo de ações de bancos em dificuldades.

"Posso dizer com confiança que conseguiremos recuperar a maior parte de seu dinheiro (do contribuinte) porque o Governo, o que está fazendo na realidade, é um investimento, evidentemente um investimento em um momento difícil para nossa economia", frisou Bush.

"Temos as dimensões e a paciência necessárias como para agüentar esses investimentos", afirmou o presidente, que lembrou ainda que a idéia é que os bancos recomprem essas ações quando se estabilizarem.

Bush, que se mostrou mais relaxado no encontro que em outras ocasiões em que falou sobre economia, se declarou otimista e assegurou que o povo começou a relaxar sobre a situação.

"As atitudes das pessoas começaram a mudar, de uma etapa de grande preocupação, para se sentirem um pouco mais relaxadas e ver os efeitos das mudanças, e a liquidez que se injetou no sistema", disse o chefe de Estado.

Desde que se intensificou a crise financeira com a declaração da quebra do banco de investimento Lehman Brothers, Bush falou em público sobre a situação econômica nos EUA quase diariamente. EFE mv/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG