Bush deixa O.Médio defendendo processo de paz e criticando Irã

Enrique Rubio Sharm el-Sheikh (Egito), 18 mai (EFE) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, pediu hoje a Israel para suavizar as restrições impostas aos palestinos no discurso de encerramento de sua viagem pelo Oriente Médio, no qual situou o Irã no centro dos problemas da região.

EFE |

Em seu discurso no Fórum Econômico Mundial, aberto hoje na cidade egípcia de Sharm el-Sheikh, Bush voltou a manifestar sua esperança de conseguir um acordo de paz entre israelenses e palestinos antes do final deste ano.

O presidente americano não saiu da linha-mestre que regeu sua política externa na região, com mornos pedidos a seus aliados para empreenderem reformas democráticas.

No entanto, Bush falou em um tom diferente do que tinha usado dias antes, quando, em discurso na Knesset (Parlamento israelense), na quinta-feira, elogiou a aliança dos EUA com Israel e quase não se referiu ao processo de paz com os palestinos.

"Israel deve fazer duros sacrifícios para a paz e suavizar as restrições aos palestinos", declarou hoje em seu discurso, mas sem especificar quais esforços seriam esses.

O conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Stephen Hadley, explicou aos jornalistas que em sua reunião prévia com o primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Salam Fayyad, Bush tinha se referido concretamente aos assentamentos israelenses.

Por outro lado, o presidente americano pediu para os palestinos combaterem o terrorismo e "continuarem construindo as instituições de uma sociedade livre e pacífica".

"Acredito firmemente que, com liderança e coragem, podemos conseguir o acordo de paz este ano", afirmou Bush, gerando um aplauso pouco entusiasmado do público.

Em um discurso destinado a recuperar a confiança de governantes da região, o presidente americano apelou aos países árabes, "especialmente os ricos em petróleo, a aproveitarem esta oportunidade para investir no povo palestino e superar velhos ressentimentos em relação a Israel".

Bush não deixou passar a oportunidade de pedir apoio contra o Irã a seus aliados, com quem compartilha um temor comum sobre as aspirações nucleares de Teerã.

"Todas as nações pacíficas da região têm interesse em se opor às ambições nucleares do Irã. Permitir que o principal patrocinador mundial do terrorismo consiga a arma mais mortífera seria uma traição imperdoável às gerações futuras", afirmou.

Nas conversas que manteve com autoridades da região antes de seu discurso, Bush situou o Irã no centro dos problemas de extremismo e terrorismo do Oriente Médio.

Fontes da Casa Branca explicaram que, ao longo de toda a sua viagem, Bush insistiu em que o Irã está por trás da atividade do Hisbolá no Líbano, do Hamas nos territórios palestinos e das milícias xiitas no Iraque, e que já é possível ver a mão de Teerã no Afeganistão.

Para frear a propagação do extremismo, o presidente dos EUA lançou mão dos lemas que sempre usou para o Oriente Médio: democracia e liberdade.

"Alguns dizem que a democracia é um valor ocidental que os EUA tentam impor a cidadãos que não a querem. Isso é uma forma condescendente de relativismo moral. Quando o povo pode escolher entre liberdade e a alternativa, escolhem a liberdade", disse.

Bush também pediu aos países da região para realizarem reformas políticas, já que "muito freqüentemente no Oriente Médio, a política consistiu em um líder no poder e a oposição na prisão", embora os regimes locais que os EUA mais apóiam - Egito, Jordânia e Arábia Saudita - não se distanciem muito desse padrão.

Com seu discurso de hoje, recebido com apatia pelo público presente, Bush conclui uma viagem com escalas em Israel e na Arábia Saudita.

Em Sharm el-Sheikh, o presidente americano manteve hoje uma agenda diplomática intensa, onde se reuniu com o rei da Jordânia, Abdullah II; com o primeiro-ministro da ANP, Salam Fayyad; o premiê paquistanês, Yousuf Raza Gillani; além do vice-presidente xiita do Iraque, Adel Abdel Mahdi. EFE er/wr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG