guerra contra terrorismo - Mundo - iG" /

Bush defende sua guerra contra terrorismo

O presidente George W. Bush defendeu nesta quinta-feira os polêmicos métodos de sua guerra contra o terrorismo, argumentando que no final de seus dois mandatos os Estados Unidos estão mais seguros.

AFP |

Desde os ataques de 11 de setembro de 2001 "já se passaram mais de sete anos sem que qualquer outro atentado tenha ocorrido no nosso solo", destacou Bush durante discurso pronunciado na escola do FBI em Quantico, Virgínia.

Bush garantiu que a ausência de atentados se deve ao compromisso militar americano no Afeganistão e no Iraque, realizado sob a bandeira da "guerra contra o terrorismo", por uma série de programas especiais e pela reforma do FBI.

"Transformamos uma agência fundada há um século para enfrentar os desafios do século XXI. Graças ao espírito visionário e à determinação do FBI, os Estados Unidos estão mais seguros do que em 11 de setembro de 2001", disse Bush durante a formatura dos novos agentes da polícia federal americana.

Bush também citou os resultados de medidas polêmicas, como o programa secreto de interrogatórios, a prisão de suspeitos de terrorismo e o grampo de telefones de cidadãos americanos.

lal/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG