Bush defende pacote de medidas contra a crise financeira

Washington, 20 set (EFE) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, defendeu hoje o valor da intervenção que seu Governo vai realizar para combater a crise financeira, que poderia chegar a US$ 700 bilhões, e disse que é um preço grande para um problema grande.

EFE |

Bush, que compareceu na Casa Branca junto ao presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, afirmou que não quis ser "tímido" na ação contra a crise e se mostrou confiante em que o Congresso, que negocia o pacote de medidas com o Governo, o aprovará "em breve".

EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG