Bush declara situação de emergência no Texas diante da chegada de Ike

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, declarou hoje situação de emergência no Texas e ordenou ajuda federal para apoiar as autoridades estaduais e locais em seus preparativos de resposta ao furacão Ike, informou a Casa Branca.

Redação com agências internacionais |


"O presidente declarou que existe uma emergência no estado do Texas e ordenou ajuda federal para apoiar os esforços de resposta local e estatal, devido às condições de emergência decorrentes do furacão a partir de 7 de setembro de 2008", disse a porta-voz da Casa Branca, Dana Perino.

As autoridades lançaram uma ordem de evacuação obrigatória para as zonas costeiras ao sul de Galveston, Texas, nesta quarta-feira, segundo funcionários do condado de Brazoria.

A medida encarrega ao Departamento de Segurança Nacional e à Agência Federal para a Gestão de Emergências (Fema, em inglês) a coordenação da ajuda e a assistência apropriada para iniciar as medidas de emergência necessárias.

As ajudas de emergência, incluindo a assistência federal direta, serão custeadas em 75% pelos recursos federais.


Ike pode se fortaceler no Golfo do México / AP

Por enquanto, Ike se mantém como furacão de categoria um na escala Saffir-Simpson (que vai até cinco), mas deve continuar ganhando força até se tornar um ciclone de grande intensidade.

Devastação no Haiti

No Haiti, três dias depois da passagem do furacão Ike, o balanço é de 101 mortos na cidade de Gonaïves.

Em Cuba, Ike deixou quatro mortos e atingiu dezenas de milhares de pessoas. Além disso, 2,6 milhões tiveram de deixar suas casas, alguns povoados ficaram debaixo d'água, várias casas e prédios desabaram e extensas áreas de cultivo foram arrasadas.

US$10 milhões em ajuda

A porta-voz da Casa Branca, Dana Perino, anunciou ainda que os Estados Unidos enviarão uma ajuda de 10 milhões de dólares ao Haiti, afetado pelo furacão Ike.

"O governo dos Estados Unidos destinará 10 milhões de dólares de assistência de desastres imediata para Haiti. Nossa maior prioridade é ajudar a entregar de maneira urgente auxílio às comunidades que agora têm acesso por terra bloqueado", disse.

Leia mais sobre Ike

    Leia tudo sobre: ike

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG