Bush continuará cooperando com o Paquistão

O presidente George W. Bush continuará trabalhando com o Paquistão na luta contra o terrorismo e outros assuntos, afirmou nesta segunda-feira o porta-voz da Casa Branca, Gordon Johndroe, após o anúncio da renúncia do presidente paquistanês Pervez Musharraf.

AFP |

Pouco antes a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, fez uma declaração parecida.

"Continuaremos trabalhando com o governo paquistanês e com seus líderes políticos e pedimos que redobrem seus esforços para se dedicar ao futuro do Paquistão e suas necessidades mais urgentes, entre elas deter o crescimento do extremismo", afirmou Rice num comunicado.

Musharraf anunciou nesta segunda-feira que renuncia ao cargo, em um discurso à nação exibido pela televisão, na véspera do início de seu processo de destituição parlamentar impulsionado pelo governo.

"Depois de analisar a situação e consultar conselheiros legais e aliados políticos, decidi renunciar", disse Musharraf com semblante grave.

"Deixo meu futuro nas mãos do povo", acrescentou.

Musharraf fez esse inesperado anúncio depois de reiterar sua inocência e assegurar que as acusações políticas contra ele não se sustentam.

"Nem uma só acusação contra mim se sustenta", assegurou. "Não podem provar nenhuma acusação porque nunca fiz nada em meu proveito, sempre fiz tudo pelo Paquistão", acrescentou.

A coalizão governamental hostil ao chefe de Estado, formada em março, se comprometeu no início de agosto a iniciar o processo de destituição do ex-general, um aliado-chave dos Estados Unidos em sua "luta contra o terrorismo" islâmico.

Depois de uma disputa política que se prolongou por semanas, o governo se dispôs a apresentar a moção de destituição ao Parlamento nesta terça-feira.

dk/fp/dm/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG