Bush condena reconhecimento russo de regiões separatistas

CRAWFORD, Estados Unidos (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, condenou na terça-feira a decisão da Rússia de reconhecer regiões separatistas da Geórgia como Estados independentes, dizendo que Moscou está aumentando as tensões e complicando as negociações. Esta decisão é inconsistente com várias resoluções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas votadas pela Rússia no passado e também é inconsistente com os seis pontos do acordo de cessar-fogo mediado pela França, que o presidente (Dmitry) Medvedev assinou, disse Bush em um comunicado de seu rancho no Texas.

Reuters |

'A ação da Rússia somente potencializa as tensões e complica as negociações diplomáticas', disse Bush. 'De acordo com as resoluções do Conselho de Segurança da ONU que continuam em vigor, a Abkházia e a Ossétia do Sul são reconhecidas internacionalmente como partes da Geórgia e devem continuar assim', completou Bush.

(Por Jeremy Pelofsky)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG