Bush conclui visita a Seul e viaja para Tailândia

Seul, 6 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, deixou hoje Seul rumo à Tailândia, após permanecer menos de 24 horas na capital sul-coreana, em uma visita na qual recomendou à Coréia do Norte que permita a verificação de seu processo de desnuclearização.

EFE |

    Bush, que na sexta-feira assistirá à cerimônia de inauguração dos Jogos Olímpicos de Pequim, se reuniu pela manhã com o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, após presenciar uma cerimônia de boas-vindas na residência presidencial do país.

    Após sua reunião, Lee e Bush concederam uma entrevista coletiva conjunta, na qual se referiram à desnuclearização norte-coreana, assim como ao fortalecimento das relações entre os dois países.

    Bush insistiu na necessidade de que o Congresso dos EUA aprove o Tratado de Livre-Comércio que Washington tem com Seul, e pediu a Lee que envie mais tropas ao Afeganistão.

    Após a entrevista coletiva conjunta, ambos os líderes compartilharam um almoço, no qual o cardápio consistiu em carne bovina americana, para demonstrar que não existe risco de que esteja contaminada com o mal da vaca louca.

    Coincidindo com a chegada de Bush, milhares de sul-coreanos protestaram ontem contra a importação de carne bovina americana, no mais novo protesto de uma longa série de manifestações iniciadas em maio.

    Após o almoço, Bush se dirigiu à base americana de Yongsan, nos arredores de Seul, onde falou às tropas vestido com uma jaqueta militar.

    No palanque, o presidente dos Estados Unidos se referiu à ajuda da Coréia do Sul nas guerras do Afeganistão e do Iraque, e assegurou que a decisão de derrubar Saddam Hussein foi "correta em sua época, e permanece correta hoje".

    Uma vez terminada a visita à Coréia do Sul, Bush inicia esta tarde sua visita a Tailândia, e na sexta-feira assistirá à abertura oficial dos Jogos Olímpicos de Pequim, em sua última viagem asiática antes de deixar a Presidência americana, em janeiro.

    Leia mais sobre: Bush

      Leia tudo sobre: bush

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG