Bush comemora Dia de Ação Graças atento a ataques em Mumbai

Washington, 27 nov (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, George W.

EFE |

Bush, comemorou nesta quinta-feira seu último Dia de Ação de Graças como chefe de Estado na residência oficial de Camp David (Maryland), cercado pela família, mas atento ao desenrolar da situação na cidade indiana de Mumbai, onde mais de 100 pessoas morreram desde ontem em uma onda de ataques.

Em seu programa semanal de rádio, Bush, em tom de despedida, agradeceu "às palavras amáveis e às orações de coração que muitos" americanos fizeram por sua pessoa "nos últimos oito anos".

Bush também disse que "foi um privilégio" servir ao país como presidente e demonstrou sua gratidão aos soldados em missão no Iraque e no Afeganistão.

Em outro trecho do programa, o presidente em fim de mandato declarou estar feliz por sua mãe, a ex-primeira-dama Barbara Bush, estar se recuperando bem de uma cirurgia no estômago.

A família Bush comemorou hoje o Dia de Ação de Graças com uma ceia que incluía peru assado, milho e vagens ao molho de cranberry (uva-do-monte), sopa fria com salada de espinafre, abobrinha, purê de batata e, de sobremesa, torta de maçã, musse de abóbora e frutas frescas.

Mesmo estando reunido com os familiares para o feriado, Bush falou na manhã desta quinta-feira com o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, a quem manifestou seu apoio e expressou condolências pelos mais de 125 mortos nos ataques lançados ontem em Mumbai por um grupo islâmico.

Bush também ofereceu assistência ao Governo indiano na restauração da ordem e ajuda na investigação sobre o ocorrido.

Fontes do Departamento de Estado também disseram que Bush está sendo constantemente atualizado sobre a situação no país asiático, onde cerca de 200 pessoas ainda são mantidas reféns pelos terroristas. EFE elv/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG