Bush buscará aumento da produção de petróleo da Opep na Arábia Saudita

Washington, 7 mai (EFE) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, buscará o aumento da produção de petróleo por parte dos países da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) durante sua visita à Arábia Saudita na próxima semana, dentro de uma viagem pelo Oriente Médio.

EFE |

Segundo explicou hoje o conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca , Stephen Hadley, "os fornecedores de petróleo devem levar em conta a saúde econômica da comunidade mundial quando adotam suas políticas de preços e seus objetivos de produção".

Bush, que visitará a Arábia Saudita no dia 16, colocará esta situação durante suas conversas com as autoridades do país, declarou Hadley.

"Acho que aproveitará a oportunidade durante esta viagem e provavelmente no futuro enquanto persista a situação atual de grande demanda, preços altos e oferta restrita", ressaltou o alto funcionário.

O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou hoje no mercado de Nova York a US$ 123,80, um novo recorde desta matéria-prima.

Os altos preços da energia, somados à crise no setor imobiliário e aos pessimistas indicadores econômicos, fizeram com que a situação econômica tenha se transformado no assunto que mais preocupa os americanos, segundo as pesquisas.

Para amenizar a alta dos preços do petróleo, Bush defende o desenvolvimento de combustíveis alternativos, como o etanol, e que o Congresso aprove medidas como a exploração da Reserva Natural da Vida Selvagem no Alasca e a construção de novas refinarias.

O presidente americano também pede que a Opep aumente sua produção, apesar de seus apelos, até agora, terem sido em vão.

Durante sua viagem pelo Oriente Médio na próxima semana, entre os dias 13 e 18, Bush também visitará Israel para participar das comemorações pelo 60º aniversário da criação do Estado e se encontrará com o primeiro-ministro, Ehud Olmert, e o presidente, Shimon Peres.

O chefe de Estado americano encerrará sua viagem em Sharm el-Sheikh (Egito), onde se reunirá com o presidente egípcio, Hosni Mubarak, e o líder da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG