Bush assina novas sanções e prolonga outras contra junta birmanesa

O presidente George W. Bush assinou nesta terça-feira dois textos que prolongam antigas sanções contra o regime militar birmanês e impõem novas que afetam o comércio de pedras preciosas, principal fonte de divisas da junta.

AFP |

"Nossa mensagem é a seguinte: os Estados Unidos acreditam na democracia e na liberdade", afirmou Bush durante a cerimônia de assinatura na Casa Branca.

lal/sf/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG