perdoa seu último peru no Dia de Ação de Graças - Mundo - iG" /

Bush perdoa seu último peru no Dia de Ação de Graças

George W. Bush concedeu, nesta quarta-feira, seu último perdão de presidente americano a dois sortudos perus, que poderiam acabar na mesa do jantar de Dia de Ação de Graças, mas que, em vez desse triste fim, viajarão de Primeira Classe para a Califórnia e a Disneylândia para o grande desfile da data.

AFP |

As aves Pumpkin (abóbora) e Pecan (noz) foram "poupadas" por Bush, em uma cerimônia relativamente informal na Casa Branca.

"Ao longo das últimas semanas, eu disse muito que daria um 'sprint' até a linha de chegada, mas eu garanti a esses perus que eles não dariam pulinhos na direção do fim. Porque, em respeito a uma longa tradição, Pumpkin e Pecan recebem a graça presidencial, plena e sem condições", disse Bush, solenemente, na véspera do grande feriado de Ação de Graças.

"Pumpkin e Pecan têm uma viagem estimulante diante deles: vão voar para Disneylândia hoje a bordo do 'Turkey One' (em referência ao Air Force One, o avião presidencial). Essas duas aves vão passar o resto de seus dias a grugulejar no lugar mais bonito da Terra. Espero que continuem humildes", brincou Bush, que deixa a Casa Branca em 20 de janeiro.

Pumpkin tem 20 semanas e pesa cerca de 20 quilos.

Os dois perus, que tiveram seus nomes escolhidos pelo público, foram criados em Iowa (centro), normalmente, junto com as outras aves. A diferença, segundo a Casa Branca, é que ambos foram preparados para ter "mais interação" com o homem - para não fazer feio no último grande ato do Dia de Ação de Graças de George W. Bush.

lal/tt/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG