muito satisfeito com acordo de escudo antimísseis na Polônia - Mundo - iG" /

Bush muito satisfeito com acordo de escudo antimísseis na Polônia

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse estar muito satisfeito com a aprovação do acordo preliminar sobre a instalação na Polônia de uma parte do polêmico escudo antimísseis americano, informou nesta quinta-feira a Casa Branca.

AFP |

"O presidente ficou muito satisfeito com esta evolução", disse à imprensa a porta-voz presidencial, Dana Perino.

Segundo o governo polonês, o conflito entre Rússia e Geórgia pesou a favor da decisão.

"Temos hoje uma nova situação internacional", considerou o chefe da diplomacia polonesa, Radoslaw Sikorski.

Varsóvia e Washington concluíram nesta quinta-feira um acordo sobre o estabelecimento de elementos do escudo antimísseis americano em território polonês, o que pode transtornar ainda mais as relações entre a Rússia e o Ocidente, já prejudicadas pelo conflito na Geórgia.

Perino, no entanto, negou esta possibilidade: "De maneira nenhuma. O projeto do escudo antimísseis do presidente (Bush) não mira a Rússia. É de fato impossível, de um ponto de vista lógico, que tenha como alvo a Rússia, já que a Rússia pode destruí-lo".

A porta-voz mostrou-se cética em relação às chances de que a oferta de cooperação feita a Moscou tenha sobrevivido à atual crise, gerada pelo conflito na Geórgia. Por outro lado, um alto funcionário americano, que pediu o anonimato, afirmou que o país "ainda está na mesa de negociações".

"O objetivo do escudo antimísseis é proteger nossos aliados europeus contra as ameaças de Estados como o Irã", disse Perino. "Esta defesa antimísseis é uma contribuição significativa à segurança coletiva da Otan", concluiu.

O Pentágono, por sua vez, declarou-se "extremamente satisfeito por ter finalmente alcançado um acordo com a Polônia".

Depois do acordo assinado com a República Tcheca, em julho, o tratado polonês "nos abre o caminho para garantir a proteção da Europa e dos Estados Unidos contra ameaças de mísseis balísticos", disse o porta-voz do Pentágono, Geoff Morrell.

O acordo, oficialmente assinado pelos negociadores no ministério das Relações Exteriores polonês, em Varsóvia, permitirá que os Estados Unidos instalem na Polônia, até 2012, dez interceptadores capazes de destruir no ar mísseis balísticos de longo alcance.

O sistema está ligado a um potente radar, que será instalado na República Tcheca. O acordo com Praga foi assinado oficialmente no dia 8 de julho.

ok/ap/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG