Bush anuncia plano para salvar bancos grandes

O presidente americano George W. Bush anunciou nesta terça-feira em Washington que seu governo vai injetar uma grande quantidade de capital para comprar ações dos bancos dos Estados Unidos.

BBC Brasil |

Segundo Bush o dinheiro, US$ 250 bilhões, virá do pacote de US$ 700 bilhões aprovado pelo Congresso em meados deste mês.

Em um pronunciamento curto, o presidente americano também afirmou que o governo vai garantir temporariamente as dívidas de bancos para lidar com a atual incapacidade das instituições de emprestarem dinheiro.

Bush disse que as medidas visam ajudar os bancos que ainda estão saudáveis a fazerem empréstimos novamente, para estabilizar os bancos que foram prejudicados pela crise mundial.

O presidente afirmou que, quando voltarem às suas condições normais, os bancos serão encorajados a readquirir as ações que foram compradas pelo governo.

Nacionalização

O plano dos Estados Unidos - na prática uma nacionalização parcial - foi anunciado depois que os diretores dos maiores bancos do país foram convocados para uma reunião especial na sede do Tesouro, na segunda-feira.

O objetivo do plano - como em iniciativas semelhantes na Grã-Bretanha - é capitalizar os bancos.

O Tesouro americano espera que isto permita aos bancos retomar padrões mais normais de empréstimo para aliviar a contínua crise de crédito.

Esta é mais uma iniciativa com o objetivo de aumentar o empréstimo interbancário, o que mantém o funcionamento do sistema bancário e permite que as instituições emprestem para outras empresas e indivíduos.

    Leia tudo sobre: crise financeira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG