Bush agradece à Colômbia por resgate dos 3 reféns americanos

Washington, 23 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, George W.

EFE |

Bush, agradeceu hoje ao ministro da Defesa colombiano, Juan Manuel Santos, pelo esforço do país sul-americano na libertação dos três americanos que estavam em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Bush se reuniu com Santos no encontro entre o ministro colombiano e o assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, Stephen Hadley, informou hoje a Embaixada da Colômbia em Washington.

O presidente americano aproveitou a reunião para agradecer, tanto ao presidente colombiano, Álvaro Uribe, como a Santos, pelo resgate dos cidadãos americanos Marc Gonsalves, Keith Stansell e Thomas Howes, no último dia 2 de julho.

O presidente americano também reiterou a Santos seu apoio ao Plano Colômbia contra as drogas e grupos armados ilegais, que contou com uma contribuição dos EUA de mais de US$ 5 bilhões.

Bush afirmou que é preciso reconhecer o êxito da Colômbia neste aspecto, e ressaltou que o país sul-americano é um exemplo para o mundo inteiro, já que demonstra que quando existe vontade e coragem, os objetivos podem ser alcançados.

O ministro da Defesa agradeceu ao presidente americano o apoio recebido dos EUA, o que permitiu ao Governo de Uribe alcançar sucessos como os conseguidos com o Plano Colômbia.

Santos iniciou ontem uma visita de três dias a Washington que faz parte da campanha de persuasão do Governo da Colômbia para que o Congresso dos EUA aprove o Tratado de Livre-Comércio (TLC) entre os dois países. EFE cai/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG