Bush adverte Brown sobre riscos de retirada prematura do Iraque

A Grã-Bretanha não deve comprometer os êxitos obtidos pela coalizão no Iraque com uma retirada prematura de suas tropas, advertiu o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, em entrevista publicada neste domingo pelo jornal britânico The Observer.

AFP |

O presidente Bush, que deve chegar no domingo a Londres, procedente de Paris, admitiu que há pressões, tanto sobre os EUA quanto sobre a Grã-Bretanha, para que retirem seus soldados do Iraque, mas "nossa resposta é que não deve haver um calendário" para isso.

Em relação ao primeiro-ministro Gordon Brown, Bush declarou que "confia em que, assim como eu, ele ouve nossos comandantes, para estar certo de que os sacrifícios feitos até agora não se tornem vãos com uma retirada".

Bush e a primeira-dama, Laura, vão jantar amanhã à noite com Brown e sua mulher, Sarah, em Downing street, residência do premier, depois de terem tomado chá com a rainha Elizabeth II, no castelo de Windsor, ao oeste de Londres.

phz/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG