Bush adverte a Rússia sobre ações na Geórgia

O presidente americano, George Bush, fez há pouco uma severa advertência à Rússia sobre as ações contra a Geórgia, que põem em perigo as relações de Moscou com os Estados Unidos e a Europa.

AFP |

Em entrevista coletiva, concedida nos jardins da Casa Branca, Bush alertou a Rússia para não depor o governo georgiano e afirmou que a invasão de Moscou ao país vizinho fere seu lugar no mundo.

"A Rússia invadiu um Estado vizinho soberano e ameaça um governo democrático eleito por seu povo. Tal ação é inaceitável no século 21", declarou Bush, no anúncio feito às pressas na Casa Branca.

"O governo russo deve mudar a atual política e aceitar a oferta de paz como um primeiro passo para a solução do conflito", disse o presidente.

Segundo ele, "as ações da Rússia nesta semana levantam questões muito sérias sobre suas intenções relacionadas à Geórgia e à região", acrescentando que essas ações "prejudicam grandemente a imagem da Rússia no mundo, além de ameaçarem as relações com os Estados Unidos e a Europa", insistiu Bush.

ok/im-/sd/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG