Buscas por vítimas do Airbus completam 3 dias seguidos sem resultados

Rio de Janeiro, 15 jun (EFE).- A busca de vítimas do acidente do Airbus da Air France completou hoje três dias seguidos sem resultados, embora as autoridades militares tenham expressado a esperança de encontrar mais corpos, além dos 49 já retirados do Atlântico.

EFE |

"O tempo não contribuiu nos últimos dias. Esperamos ter mais êxito amanhã pela melhoria climática", afirmou o tenente-coronel Henry Munhoz, porta-voz da Força Aérea Brasileira (FAB), em entrevista em Recife.

Os pilotos da FAB voltaram a avistar hoje destroços do avião em uma área que fica 950 quilômetros do arquipélago de Fernando de Noronha, perto de onde foi recuperada a maioria de corpos e restos.

A Marinha ordenou aos navios que trabalham na região que se dirijam a essas coordenadas para recuperar todos os restos possíveis.

Os responsáveis militares insistiram em que a busca continuará sem um prazo determinado, mas, a partir de quarta-feira, os responsáveis estudarão a cada dois dias se os trabalhos continuam ou são cancelados.

No domingo, os diretores da busca admitiram que, devido ao avançado estado de decomposição dos corpos, já não é possível identificar apenas com o olhar se pertencem ou não a seres humanos.

Atualmente, participam das buscas 761 militares da Marinha e outros 250 da Aeronáutica, segundo uma nota divulgada pelos organismos.

Os últimos seis corpos recuperados do mar chegarão provavelmente nesta terça-feira à base de Fernando de Noronha, a bordo da fragata "Bosisio", para iniciar os trabalhos de identificação.

Os 43 restantes estão há vários dias no Instituto Médico Legal (IML) de Recife, onde os legistas estão realizando as autópsias e concluindo as tarefas de identificação. EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG