Pelo menos dez pessoas foram mortas e 48, feridas na explosão de uma granada lançada durante um casamento no centro de Burundi, informou a polícia neste sábado.

"Ontem, por volta das 19H00 (14H00 de sábado de Brasília), um homem lançou uma granada em plena festa de casamento numa colina de Rutegama. Pelo menos dez pessoas foram mortas e 48 outras foram feridas", anunciou à AFP o porta-voz da polícia, Pierre-Chanel Ntarabaganyi.

O deputado da província, consultado pela AFP, disse que o número de vítimas pode chegar a 15.

"Toda a província de Gitega está em choque. Segundo informações do hospital, alguns feridos não resistiram a seus ferimentos, o que elevaria o número de mortos a 15", explicou o deputado Bonnaventure Niyoyankana, contatado por telefone neste domingo em Gitega.

Segundo o porta-voz da Polícia, todos os feridos foram levados para o hospital de Gitega, que administra a colina de Rutegama.

"A polícia já deteve um certo Jean Ruberintwari que é meio-irmão do noivo. De acordo com os primeiros elementos da investigação, ele teria agito por ciúmes", destacou Pierre-Chanel Ntarabaganyi.

"Este tipo de ocorrência é bastante freqüente em Burundi. Elas se devem à proliferação das armas detidas ilegalmente pela população civil e que foram adquiridas durante a guerra civil", reconheceu.

esd/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.