Burris é aprovado e substituirá Obama no Senado

Por Thomas Ferraro WASHINGTON (Reuters) - A secretaria do Senado norte-americano aprovou na segunda-feira a indicação de Roland Burris para ocupar a vaga deixada pelo presidente-eleito Barack Obama. Dessa forma, os democratas terão 58 das 100 vagas do Senado, sua maior maioria desde 1981.

Reuters |

Burris foi indicado pelo governador de Illinois, Rod Blagojevich, que está sob processo de impeachment por suspeita de corrupção -- inclusive por ter supostamente tentado vender a vaga à qual Obama renunciou depois de eleito presidente, em novembro.

Se não houver inesperadas objeções dos republicanos, Burris deve tomar posse nos próximos dias, poupando constrangimentos à liderança democrata, que inicialmente prometeu rejeitar a indicação feita por Blagojevich.

Obama inicialmente também foi contra a indicação, mas posteriormente concordou com o líder democrata no Senado, Harry Reid, sobre a necessidade de buscar uma "solução amigável".

Na sexta-feira, a Suprema Corte de Illinois considerou válida a nomeação de Burris. Mas os democratas disseram que só iriam lhe dar posse depois que a nomeação fosse certificada pelo secretário de Estado de Illinois, Jesse White.

Embora White tenha se recusado a certificar a nomeação feita pelo governador sob suspeita, ele assinou uma declaração depois de o Estado protocolar o recebimento da indicação por cumprimento de sentença judicial.

Isso pareceu satisfazer a secretaria de Estado, que na semana passada havia considerado incompletas as credenciais de Burris.

"A secretaria de Estado determinou que as novas credenciais apresentadas hoje em nome do sr. Burris satisfazem totalmente o Regimento do Senado e validam sua indicação", disse nota assinada por Reid e pelo vice-líder democrata no Senado, Dick Durbin.

Com a posse de Obama na Casa Branca, no dia 20, Burris o substituirá como único senador negro dos EUA.

Ainda há uma vaga do Senado em aberto em Minnesota.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG