Buenos Aires veta sorteio de plásticas em discotecas

Buenos Aires, 7 out (EFE).- O Governo da província de Buenos Aires, a maior da Argentina, resolveu hoje proibir os sorteios de cirurgias plásticas em casas noturnas, depois de várias discotecas do país aderirem à prática dessa polêmica promoção.

EFE |

O veto é fruto de uma resolução do ministério da Saúde provincial, que diz que esse tipo de cirurgia "fica expressamente reservada aos profissionais da saúde habilitados e aos hospitais".

O Ministério tomou a decisão depois que em discotecas e festas se sorteassem entre os presentes cirurgias estéticas a fim de atrair mais público.

"Todos estamos de acordo que isso é um disparate e que é preciso proibir. É perigoso para as pessoas, viola normas do código de ética e a lei sobre o exercício da profissão", sustentou o ministro da Saúde da província, Claudio Zin.

Apesar da medida, empresários argentinos informaram recentemente que planejam levar adiante em novembro em La Rioja um evento onde será sorteada uma prótese de silicone.

"O público já está cansado dos sorteios de carros e motos e quer algo novo", disse Herrera. EFE ms/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG