Brown volta a pedir o cessar-fogo em Gaza

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, voltou a pedir com veemência um cessar-fogo imediato em Gaza durante uma nova conversa, neste sábado, com o premier israelense Ehud Olmert, informou um porta-voz de Downing Street.

AFP |

Segundo nota divulgada por um porta-voz da residência oficial do primeiro-ministro, Gordon Brown afirmou que "os ataques com foguete do Hamas devem cessar, ao mesmo tempo em que apelamos para a paralisação de qualquer ação militar israelense em Gaza. Há muitos mortos e temos necessidade de espaço para encaminhar ajuda humanitária aos que precisarem", prosseguiu.

A Grã-Bretanha trabalha, por outro lado, com seus parceiros internacionais para encontrar uma solução "para as causas subjacentes do conflito, principalmente o tráfico de armas para Gaza", precisou o porta-voz.

O primeiro-ministro britânico considera também necessário a abertura da fronteira entre o Egito e a Faixa de Gaza "de uma forma que não prejudique a segurança de Israel", acrescentou.

Pelo menos 442 palestinos foram mortos desde o início da ofensiva lançada por Israel no dia 27 de dezembro, entre eles 75 crianças e 21 mulheres, e 2.290 ficaram feridos, segundo fontes médicas palestinas.

lgo/ca/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG