O primeiro-ministro britânico Gordon Brown desembarcou nesta segunda-feira na Irlanda do Norte para se reunir com as autoridades políticas e de segurança locais, depois do assassinato nos sábado à noite de dois soldados britânicos.

Brown deve se encontrar com comandantes do exército britânico na base de Massereene, ao noroeste de Belfast, onde os dois soldados britânicos morreram em um ataque reivindicado pelo IRA Autântico, um grupo republicano dissidente contrário ao processo de paz.

Acompanhado pelo ministro britânico para a Irlanda do Norte, Shaun Woodward, o premier deve abordar o tema segurança com o chefe de polícia da Irlanda do Norte (PSNI), Hugh Orde.

Também deve se encontrar na sede do Parlamento regional com o primeiro-ministro norteirlandês Peter Robinson, líder do Partido Unionista Democrata (DUP/protestante), e o vice-premier Martin McGuinness, membro do partido católico Sinn Fein, antigo braço político do Exército Republicano Irlandês (IRA).

O DUP e o Sinn Fein dividem o poder no governo regional desde 8 de maio de 2007. O ataque de sábado, condenado pelos dois partidos, reavivou os temores sobre o processo de paz, ainda frágil.

cyb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.