Brown reitera que não apóia nenhum candidato à presidência americana

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, reafirmou nesta quarta-feira que não apóia nenhum candidato à presidência dos Estados Unidos, depois da polêmica provocada por um artigo em que elogiou Barack Obama e o Partido Democrata.

AFP |

"A eleição presidencial americana é assunto dos americanos", declarou Brown em uma entrevista coletiva conjunta ao lado do colega italiano, Silvio Berlusconi, na qual foi questionado sobre a controvérsia criada por um artigo publicado na revista Parliamentary Monitor.

No texto, Brown escreve que "na eletrizante campanha presidencial dos Estados Unidos são Obama e seu partido que estão gerando idéia para ajudar as pessoas em tempos difíceis".

"Em todo o mundo, são os políticos progressistas que estão aceitando estes desafios", afirma Brown no artigo publicado antes da conferência anual do Partido Trabalhista.

O premiê britânico disse na coletiva que se reuniu em Washington com os dois candidatos, Barack Obama e o senador republicano John McCain, com os quais abordou temas de interesse comum para os dois países.

"Tenho grande admiração pelos dois distintos senadores", declarou Brown, reafirmando que a decisão de quem será o próximo presidente dos Estados Unidos cabe exclusivamente aos americanos.

ae/fp/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG