Brown proporá fundo europeu de 15,4 bilhões de euros para pequenas empresas

Londres, 4 out (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, vai propor hoje a criação de um fundo europeu de 12 bilhões de libras (15,4 bilhões de euros) para ajudar pequenas empresas a enfrentarem a crise financeira.

EFE |

Brown fará a proposta na reunião deste sábado, em Paris, com os chefes de Estados ou de Governo dos países europeus do G8 (os sete países mais industrializados do mundo e a Rússia): Alemanha, França, Itália e Reino Unido.

"Estamos vendo que, à parte das medidas nacionais que estamos tomando, há problemas globais, como o petróleo e a crise crediária, que precisam de soluções globais", disse Brown antes de viajar para Paris.

"Portanto, proporei hoje aos líderes com os quais me reunirei em Paris que trabalhemos juntos para limpar o sistema (financeiro), tanto nos Estados Unidos como na Europa, onde houve problemas", ressaltou o primeiro-ministro.

"Também vou propor um fundo de 12 bilhões de libras para que as pequenas empresas de nosso país e o resto da Europa possam obter dinheiro de forma imediata e continuar contratando pessoas e fornecendo serviços", disse.

Brown defenderá ainda a fixação de "um calendário de reuniões internacionais para determinar as mudanças que serão promovidas nessas aéreas (do sistema financeiro), que até agora eram fechadas e não transparentes".

O encontro de hoje foi organizado pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, que receberá no Palácio do Eliseu os chefes de Governo de Alemanha, Angela Merkel, Reino Unido, Gordon Brown, e Itália, Silvio Berlusconi.

Também participarão da reunião os presidentes da Comissão Européia (CE, órgão executivo da UE), do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, e do Eurogrupo (que reúne os ministros de Finanças dos países da zona do euro), Jean-Claude Juncker. EFE pa/fh/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG