Brown prepara reação às vésperas da eleição britânica

COVENTRY, Inglaterra (Reuters) - O primeiro-ministro britânico Gordon Brown prometeu no sábado ajudar na recuperação da combalida economia da Inglaterra num pedido aos eleitores locais para renovarem sua fé no Partido Trabalhista, que parece prestes a perder a eleição. No lançamento de uma campanha apelidada de Operação Reação no escritório central de seu partido, Brown buscou o apoio da principal base de apoio do partido pintando o Partido Conservador como elitista.

Reuters |

"Se você, como eu, faz parte da maioria do povo britânico, veio de uma família simples que quer viver e não simplesmente sobreviver, então minha mensagem a você é simples: olhe para nós outra vez e olhe para eles longa e cuidadosamente," disse Brown.

Os Conservadores dizem que 13 anos de dominação do Partido Trabalhista é o suficiente.

"Ele (Brown) pede à Inglaterra que olhe novamente para o Partido Trabalhista quando o público está olhando para esse partido há 13 anos e sabe que eles falharam," disse George Osborne, que deve tornar-se ministro das finanças se os Conservadores vencerem as eleições.

O Partido Trabalhista já venceu três eleições desde 1997 sob a liderança do antecessor de Brown, Tony Blair. Brown assumiu como primeiro-ministro quando Blair renunciou no meio do seu mandato em 2007.

Mas a estrela do Partido Trabalhista perdeu o brilho desde que a crise financeira arrastou a Inglaterra para uma recessão. Os Conservadores, liderados por David Cameron, de 43 anos e que é muito bom em frente às câmeras, estão com uma ampla liderança nas pesquisas, ainda que a diferença tenha diminuído recentemente.

Espera-se que as eleições sejam realizadas no dia 6 de maio.

Num discurso transmitido pela televisão durante seu aniversário de 59 anos, Brown prometeu garantir a recuperação econômica, apoiar a indústria do futuro, cortar o déficit, mas defender a verba para educação e saúde, além de defender os interesses dos menos privilegiados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG