Brown pega 5 anos de liberdade vigiada por agredir Rihanna

O rapper Chris Brown passará cinco anos em liberdade vigiada e terá que realizar seis meses de trabalho comunitário por ter agredido sua ex-namorada, Rihanna, decretou uma juíza de Los Angeles nesta terça-feira.

AFP |

O rapper, de 20 anos, compareceu na corte para ser sentenciado formalmente pela agressão à cantora de Barbados, ocorrida em fevereiro deste ano, quando os dois namoravam.

Brown poderá cumprir sua condenação no estado de Virgínia, onde mora, mas terá que viajar para Los Angeles com frequência para se apresentar à Justiça.

O cantor, que foi ao tribunal acompanhado pela mãe e por um amigo, deverá ficar a mais de 90 metros de Rihanna até 25 de agosto de 2014, mas a distância poderá ser reduzida para 9 metros em caso de um evento profissional.

A tarefa comunitária de Brown será "limpar e lavar carros e fazer a manutenção de terrenos públicos", destacou a juíza, que deseja ver o rapper realizar "um trabalho físico de verdade".

Brown deverá ainda se submeter a um programa sobre a prevenção da violência, de um ano, e se apresentar a juíza Patrícia Schnegg a cada três meses.

A juíza Schnegg advertiu que se Brown violar as condições da liberdade vigiada, vai cumprir pena em uma prisão estadual.

Donald Etra, advogado de Rihanna, que assistiu à audiência, disse que sua cliente "está bem e concentrada em seguir com sua carreira".

A agressão de Brown ocorreu em fevereiro e machucou severamente o rosto de Rihanna, a ponto da cantora cancelar sua participação na cerimônia dos prêmios Grammy, em Los Angeles.

pb/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG