Brown lamenta morte de 10 soldados franceses no Afeganistão

Londres, 19 ago (EFE) - O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, manifestou hoje pesar pela morte, na segunda-feira, de dez soldados franceses em uma emboscada de insurgentes talibãs, na qual ficaram feridos outros 21 militares. Em comunicado oficial, Brown transmitiu suas condolências mais profundas às famílias dos dez soldados falecidos e expressou seu desejo de que os feridos se recuperem. Seu sacrifico não só é pela França, mas por todos os que querem ajudar o povo afegão a construir um futuro melhor para eles e um mundo mais estável, indicou o chefe do Governo britânico. Brown acrescentou que o povo britânico e suas Forças Armadas conhecem bem a dor do sacrifício. Mas estamos dispostos a defender a liberdade frente à violência e à tirania, e o Reino Unido está orgulhoso de apoiar a França e seus aliados nessa causa.

EFE |

O Reino Unido tem desdobrados 7.800 soldados em território afegão, a maioria concentrada no sul, como parte da Força para a Assistência à Segurança no Afeganistão (Isaf), sob comando da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). EFE pa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG