Londres, 3 out (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, justificou hoje o reajuste realizado em seu Gabinete pelos novos desafios econômicos, devido à crise financeira internacional e aos altos preços do petróleo e dos alimentos.

"Estes não são tempos comuns", disse o líder trabalhista, em entrevista coletiva no número 10 de Downing Street, na qual disse que "são necessárias pessoas sérias para momentos sérios". EFE ep/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.