Brown indignado com recepção líbia a Megrahi

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, se declarou nesta terça-feira irritado e repugnado com a recepção dispensada pela Líbia ao condenado pelo atentado de Lockerbie, na primeira reação após a libertação de Abdelbaset Ali Mohamed Al-Megrahi quinta-feira passada.

AFP |

"Eu fiquei ao mesmo tempo irritado e repugnado com a recepção que um condenado considerado culpado de um enorme crime terrorista teve em seu retorno a Líbia", declarou Brown, que foi duramente criticado nos últimos dias pelo silêncio após a polêmica decisão escocesa.

O ministro escocês da Justiça, Kenny MacAskill, concedeu na quinta-feira da semana passada a libertação de Megrahi por razões humanitárias, sob a alegação de que segundo os médicos tinha um tempo estimado en três meses de vida em consequência de um câncer de próstata já em fase terminal.

A decisão, adotada de forma autônoma pelas autoridades de Edimburgo, e a posterior recepção dispensada ao ex-réu em seu desembarque em Trípoli provocou uma chuva de críticas, especialmente nos Estados Unidos.

Megrahi cumpria desde 2001 prisão perpétua pelo atentado de 1988 contra o avião da companhia americana PanAm que explodiu em voo sobre a cidade escocesa de Lockerbie, causando a morte a 270 pessoas, em sua maioria americanos.

rb-ra/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG