Brown afirma que consenso em cúpula do G20 ajudará a superar crise

Londres, 17 nov (EFE) - O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, expressou hoje a convicção de que o consenso surgido da Cúpula de Chefes de Estado e de Governo do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e principais emergentes) para conter a crise econômica ajudará a superar o que qualificou de um buraco. Comprometemo-nos a que, com ações nacionais e internacionais e com ajuda real em tempos de dificuldade, tiraremos as pessoas totalmente deste buraco, afirmou Brown em uma declaração perante a Câmara dos Comuns. O chefe do Governo britânico destacou que, neste momento da História sem igual, estamos vendo o mundo se unir para encontrar soluções globais aos problemas globais que enfrentamos. O buraco pode ser menor e menos profundo se o Reino Unido empreender medidas e essas medidas forem correspondidas em outros países, acrescentou Brown, cujas medidas para salvar o sistema financeiro britânico foram copiadas pelo resto da Europa e dos Estados Unidos. Há um mês, Brown recuperou os bancos da City capitalizando as instituições em crise e dando a elas acesso à liquidez imediata e a fundos a três anos, e seu exemplo foi seguido por todos. Hoje, prepara como anfitrião a próxima cúpula do G20, que promoverá as medidas aprovadas em Washington e que será realizada em fevereiro ou em março em data e local que serão anunciados na próxima semana. O Reino Unido levará em frente os preparativos dessa reunião, na qual Brown afirmo...

EFE |

EFE fpb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG