Brown admite erros e garante que trabalhistas podem se recuperar

Londres, 4 mai (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, admitiu hoje que cometeu erros, mas se disse convencido de que o Partido Trabalhista pode se recuperar das derrotas de 1º de maio, quando obteve os piores resultados em 40 anos nas eleições municipais na Inglaterra e em Gales.

EFE |

Em uma entrevista à rede inglesa "BBC", Brown admitiu que errou ao abolir a carga tributária mais baixa de 10% para pessoas de pouca renda e ao permitir que, no ano passado, se especulasse durante semanas sobre a possibilidade de convocação de eleições.

Apesar do golpe sofrido nas municipais, que inclui a derrota em Londres, o primeiro-ministro insistiu em que seu partido pode se recuperar a tempo para enfrentar os conservadores nas próximas eleições legislativas, previstas para acontecer, no máximo, em 2010.

Brown apontou duas coisas que devem ser feitas para se chegar a esse objetivo.

"Primeiro, solucionar o problema com a economia para que o povo veja que, como no passado, podemos superar os tempos difíceis" e "mostrar que temos uma visão do futuro que levará o país - de forma otimista, na minha opinião - a sua próxima fase", disse o primeiro-ministro britânico.

Brown, que disse entender e sentir "a dor" do povo pelo aumento do custo de vida devido à crise econômica, disse que é preciso oferecer oportunidades no mercado imobiliário e na educação para as famílias trabalhadoras. EFE jm/rr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG