Britney Spears confessa que sua vida começa a voltar à normalidade

Los Angeles (EUA.), 18 nov (EFE) - Britney Spears assegurou que, desde a crise que sofreu em janeiro, sua vida foi pior que uma sentença de prisão, mas, pouco a pouco, começou a voltar à normalidade.

EFE |

Britney, de 26 anos, fez as declarações em uma reportagem de 90 minutos que será exibida na "MTV" em 30 de novembro nos Estados Unidos.

"Acho que aprendi a lição e já é suficiente", afirmou a artista, que destacou que "inclusive quando você é preso, sabe quando vai sair".

"No entanto, esta situação é interminável. É como 'Feitiço do Tempo', filme de Bill Murray no qual o personagem vive sempre no mesmo dia", explicou.

No início de 2008, a artista teve que ser internada na ala psiquiátrica de um hospital californiano para se submeter a uma avaliação mental, após uma série de comportamentos erráticos que lhe custaram a guarda dos filhos, Sean Preston e Jayden James, que ficaram sob o poder de seu ex-marido Kevin Federline.

Uma sentença judicial retirou da cantora o controle sobre seus assuntos legais, que foram parar nas mãos de seu pai, Jamie Spears.

"Tenho dias realmente bons, e depois tenho maus dias", relatou.

"Se não tivesse as restrições sob as quais me encontro, me sentiria muito liberada. Quando digo como me sinto, parece que me ouvem, mas realmente não estão me escutando", acrescentou.

Uma equipe de televisão acompanhou a estrela por três meses em suas turnês para promover o álbum "Circus", em sua tentativa de retomar as rédeas de sua carreira musical.

"Quis fazer este filme, porque comecei a sentir que não estava sendo vista com a luz que eu queria. Esta é uma oportunidade para deixar as coisas claras e falar do que estive passando e para onde vou", comentou. EFE fmx/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG