Britney é quem quis a separação, diz ex-marido

Los Angeles (EUA), 3 dez (EFE) - Kevin Federline, ex-marido de Britney Spears, tentou resolver os problemas do casamento, mas a estrela preferiu o divórcio, conforme o dançarino contou à revista People. Em um trecho da entrevista antecipado hoje no site da publicação, Federline, que tem dois filhos com a cantora, Sean Preston, de três anos, e Jayden James, de dois, assegurou que nunca deu a Britney um ultimato. Um casamento é suficientemente difícil, e depois, ter uma criança, e depois outra, muda tudo, afirmou Federline, de 30 anos. Preocupo-me muito com meus filhos. Não é que ignorasse Britney, mas eles sempre são mais importantes, acrescentou.

EFE |

O ex da estrela admitiu que o relacionamento passava por "complicações", mas afirma que tentou "resolver as coisas".

"Mas ela sequer falava comigo e apresentou o pedido de divórcio nas minhas costas. Fiquei completamente atônito", reconheceu o dançarino, que se separou da cantora em 2006.

Federline assegurou que o momento mais feliz do casamento foi exatamente o dia da cerimônia e que sua principal preocupação na hora de enfrentar o divórcio era se poderia continuar vendo os filhos, já que temia o poder da cantora.

O ex-marido de Britney afirmou que, hoje em dia, a relação entre os dois melhorou bastante.

"Só porque não estou apaixonado por ela não significa que não goste dela. Desejo que tenha a melhor saúde e que continue fazendo o que ama", explicou. EFE mg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG