British Council suspende operações em Teerã

O organismo cultural britânico British Council anunciou nesta quinta-feira a suspensão das operações de sua agência em Teerã, depois que os funcionários do escritório foram intimidados pelas autoridades iranianas.

AFP |

O organismo afirma que não teve outra opção depois da convocação, em dezembro, para "entrevistas" da maior parte de seus 16 funcionários locais, aos quais as autoridades "sugeriram que que deveriam pedir demissão do British Council".

Dois deles tiveram os passaportes confiscados depois que tentaram deixar o país para assistir a uma reunião.

"Estas atitudes das autoridades iranianas são inaceitáveis", afirmou o presidente do British Council, Martin Davidson.

"Têm por objetivo intimidar nossos funcionários com a clara intenção de acabar com nosso trabalho cultural e de ensino no país", acrescentou.

A suspensão das atividades do British Council em Teerã acontece em um momento de forte tensão entre dos dois países.

Londres se opõe ao programa espacial iraniano e manifestou preocupação com as intenções do Irã depois que Teerã anunciou a entrada em órbita de um satélite.

Organismo oficialmente independente e sem fins de lucrativos, o British Council, responsável pela promoção cultural e o ensino de inglês no exterior, recebe subsídios do Foreign Office.

ar/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG